“A Conquista do Paranhana” é uma aventura que proporciona ao jogador a experiência de vivenciar o período colonial do século XIX na região do Vale do Paranhana, Rio Grande do Sul. Originalmente idealizado para ser um projeto acadêmico, o jogo tem como objetivo apresentar conteúdos históricos, de forma lúdica, para turmas de história do ensino fundamental da região. O jogo permite que o jogador escolha sua forma de jogo, sendo necessário primariamente sobreviver, protegendo-se do frio e mantendo-se alimentado. A partir disso, é permitido que o jogador viva de forma livre, podendo optar por uma vida de exploração da região ou uma vida agrária ou até mesmo uma vida urbanizada produzindo ferramentas e outros produtos. Além da subsistência e fatores econômicos, o jogo apresenta questões sociais do período, como relação entre colonos e povos indígenas, relações familiares peculiares, escravidão entre outras questões abordadas. Desenvolvido em Unity 3D, o jogo inicialmente visa plataformas Windows, mas existe a possibilidade de ser portado para outras plataformas conforme a necessidade do projeto de pesquisa.

Os mecanimos de sobrevivência do jogo consistem em obter um terreno para plantar e colher/vender, pois o jogador precisará desenvolver estratégias para se manter vivo e conquistar o Paranhana (caso esse seja o objetivo que o jogador escolheu).

            Além disso, o jogo foi projetado para dar suporte histórico, contendo eventos que narrarão uma série de fatos e acontecimentos, convidando o jogador a fazer parte dessa jornada, tornando uma experiência singular. Esses acontecimentos são baseados em fatos reais, criando uma linha do tempo histórica educativa. Para os mais curiosos e com espírito explorador, toda a fauna e flora do jogo foi baseado na vegetação local da época, dando um ambientação mais realistíca ao que realmente o imigrante alemão encontrou ao chegar nas terras do Paranhana.
Alguns personagens NPCs (Non-player Character, ou em português, personagem não jogável) serão baseados em figuras históricas que marcaram época e que acrescentaram na economia e cultura regional. Personagens como Tristão Monteiro e Jorge Eggers (proprietários de Taquara do Mundo em 1846) são exemplos desses personagens.

“A Conquista do Paranhana” é um convite para voltar ao tempo e interagir com uma parte da história do Vale do Paranhana (atualmente composta pelas cidades de Igrejinha, Parobé, Riozinho, Rolante, Taquara e Três Coroas). Escolha explorar, cultivar ou simplesmente desbravar e defender estas terras.

FACCAT Games

O Estúdio de Jogos da FACCAT é um local de referência para o estudo, pesquisa e desenvolvimento de softwares e projetos relacionados a área de Indústria Criativa de Jogos Digitais.

Os participantes adquirem experiência em desenvolvimento de projetos reais de criação de Jogos Digitais e softwares Gamificados além do uso de ferramentas de editoração de imagens e vídeos.